Quardiães


 
 
 
 
A Espera
 
Espera: Tumulto de angústia suscitado pela espera do ser amado, no
decorrer de mínimos atrasos ( encontros, telefonemas, cartas, voltas)
 
Na espera tudo é solene.
Pode ser fútil ou imensamente patético.
tudo é angústia.
Tudo é encantamento.
 
 
(in: fragmentos de um discurso amoros
enxertos.)
 

Nenhum comentário:

September